Viajando com Lele – Muito frio!

Falando de frio de verdade!

Realmente vi que no nosso país não faz frio, e sair dos 30 graus para -10 é para pirar qualquer mãe que vai encarar isso com filho!

Arruma essa blusa menino!

Em outubro, três meses antes da nossa viagem, comecei preparar o Lele para esse frio de Toronto, pesquisei muitos alimentos para dar aquele up na imunidade e também inseri o própolis na nossa rotina!

Alguns dos alimentos que estiveram super presentes no #papadoLele durante este preparo;

  • Batata Yacon
  • Cogumelos
  • Gengibre
  • Frutas Cítricas
  • Alho
  • Cebola
  • Iogurte Natural (sem lactose para o Lele)
  • Vegetais verdes bem escuros
  • Inhame
  • Castanha do Pará

Apesar do Lele ser bastante resistente, sabemos que as pessoas com síndrome de Down tem mais facilidade de adoecer, ainda mais quando não estamos adaptados com um clima tão diferente do nosso.

Além de uma boa alimentação precisamos também de boas roupas, que devem ser apropriadas para temperaturas negativas, neve, vento e ou ate mesmo chuva, nossas roupas brasileiras passam longe disso,  se for comprar por aqui, indico lojas especializadas em roupas para neve, praticas de esportes como esqui, tracking entre outros. Vou deixar aqui as roupinhas que usamos com o Lele, e ele ficou quentinho o tempo todo, apesar de não conseguir fazer com que ele ficasse de luvas, não deixe de levar, os dedos congelam mesmo!

Para pegar neve.
Coletinho corta vento.
Térmica, não pode faltar.
Fleece bem quentinho.

Ao chegarmos em Toronto, nos trocamos no aeroporto mesmo, ja que teríamos apenas um dia na cidade, queríamos aproveitar o máximo que desse, claro que sempre respeitando os limites do Lele, ja saímos preparados para o frio, que para nossa surpresa assim que chegamos estava -3 graus, mas não vai achando que estava pouco frio, é muito frio mesmo, mas com as roupas certas, chega ser agradável,  mas juro que quando abre a porta do aeroporto para rua, é exatamente como definiu o papai Ale, “bem-vindo e um tapa na cara” hahaha!

Passeando em Toronto
Pacotinho Lele.

Outra dica muito importante, não deixe de hidratar o rostinho da criança, o frio resseca e queima a pele com facilidade, não se esqueça também  do protetor labial, ajuda muito não ferir boquinha.

Produtinhos que usei no Lele.

Optamos por mais passeios indoor, para preservar o Lele, afinal nosso destino era Disney, então nada de ficar doente né, e dentro da maioria dos lugares fica super quentinho, esteja preparado pois você vai precisar tirar um pouco da roupa, chega dar um calorzinho!

Com nosso roteiro em mãos, feito pela Laura Grossi da  Conexão Viagens . Saímos para desbravar Toronto, cada minuto no trem, uma paisagem de arrancar suspiros! Passeamos pela cidade, shopping, pelo centro, mas o que me encantou mesmo, foi a belíssima CN Tower, umas das vistas mais lindas que ja vi! É alto mesmo! Um passeio que não pode faltar.

Chão de vidro da CN Tower – 553 metros de altura.
Toronto vista pela CN Tower

Adoraria ter conhecido o aquário também, mas o Lele ja estava bem cansado, preferimos descansar e nos poupar para Orlando, já que os dias nos  parques são bem puxados. Mas deu para ter um gostinho de quero mais, queremos voltar para Toronto e conhecer muito mais do Canada, que é um país lindo, e muito gostoso de passear com criança, os canadenses são super receptivos!

See you soon Toronto!

Fico por aqui e nos vemos em Orlando!

see ya!

In

Publicar Comentário